COMO ACABAR COM AS ALGAS NO LAGO?

Em um mundo cada vez mais estressante, ter momentos de paz é essencial para saúde. Um lago ornamental no jardim é uma das vantagem em buscar essa terapia. Mas para ter um lindo lago em perfeito equilibrio, temos que saber alguns fatores que podem afetar a aparência da água. Mas porque agora a água está verde? Será que é sujeira ou algas?

O que posso fazer para manter a água saudável e cristalina? Contudo, a água verde em um lago não é causada pela sujeira e sim pelas algas verdes que são microrganismos unicelulares. Esses seres tem reprodução extremamente acelerada, tornando-o toda água com aspecto esverdeado.

Sujeira são os restos de rações, fezes, urina, folhas, galhos, raízes, etc. A Sujeira quando entra em decomposição gera elementos químicos, ciclo do nitrogênio -> amônia e nitrito (tóxicos) e depois nitrato (não totalmente toxico), mais serve de adubo para plantas, ou seja, serve de adubo também para algas.

Pois bem, os lagos são dependentes de uma boa filtragem mecânica e biológica para reter as impurezas da água, também devemos instalar bombas bem dimensionadas para o volume do lago para fornecer uma boa circulação da água. Se o sistema não estiver de acordo, está sujeito à proliferação das algas, tanto unicelulares como algas filamentosas, devido ao acúmulo de nutrientes e dióxido de carbono.

Algas verdes e marrons surgem certamente com níveis elevados de nitrato e fosfato. Algas fora do controle é um dos principais problemas para os Laguistas, que se deparam ao ver seu lago totalmente cristalino, transformar-se em uma decepção. E para não ocorrer tal situação, vamos mostrar agora alguns fatores em relação ao surgimento de algas na água do lago ornamental:

  • Existe uma combinação básica de elementos que favorecem o aparecimento excessivo de algas: Luz + Excesso de Nutrientes + Oxigênio = Algas.
  • O excesso de nutrientes e o sol excessivo é um dos aspectos que devemos tomar cuidado em relação ao surgimento das algas.  
  • Uma ração inferior e de má qualidade também contribui para o aparecimento das algas.
  • Superpopulação no lago + Excrementos = Aumento da carga orgânica.
  •  Ausência de filtragem biológica e filtragem mecânica (contrubuem no excesso de matéria orgânica e detritos sólidos da água).
  •  A má circulação da água ocasiona zonas mortas onde se acumulam matérias orgânicas.
  •  Se existir filtro ultra violeta, verifique se a lâmpada está queimada ou vencida.

Temos que monitorar todos esses fatores e cuidar para que não ocorram os eventuais problemas citados acima. É preciso corrigir os parâmetros da água, principalmente o nitrato e fosfato. Se as algas estiverem fora do controle, podemos fazer trocas parciais de água (TPAs), em torno de 30% do volume do lago, com isso deverá amenizar a proliferação das algas, mas não a causa definitiva. E qual seria a maneira de acabar com as algas verdes?

Existem 5 maneiras de acabar ou controlar as algas:

Diminuir com a luz solar direta, afinal as algas são plantas microscópicas que fazem fotossíntese e por isso precisam de luz solar, além disso, a posição geográfica também é um fator fundamental nessa questão, visto que as regiões equatoriais existe maior incidência de raios UV. Então: sem luz, sem algas.

Também podemos aplicar Algicidas, para acabar com as algas e garantir que não proliferem, esterilizadores UV (que não matam as algas, mas impedem a sua reprodução) ou ozoniozadores (esses sim matam as algas) e também acabam com os nutrientes que elas usam para sobreviver.

Outra opção, e a mais natural entre todas em acabar com as algas são as plantas, para isso basta que tenhamos plantas aquáticas, como: Sombrinha chinesa, Papiro, Inhame, Aguapé, Copo de leite, etc. Assim sendo, as plantas conseguem eliminar todo o nitrato antes das algas, diminuindo a sua quantidade.

Caso ocorra a fixação de algas filamentosas nas pedras não se preocupe, isto é normal, mas se elas saírem do controle e/ou começarem a prejudicar o bom funcionamento do lago, ai sim já é preocupante, você tem a opção de retira-las esfregando manualmente ou aplicando Algicidas. Não se preocupe com a sujeira da limpeza em suspensão na água, pois o filtro irá fazer o trabalho de manter a água limpa.

Portanto, a água do lago não pode ficar totalmente verde, se isso ocorrer, verifique se as bombas estão funcionando perfeitamente e se a lâmpada UV ainda está acendendo, caso contrário faça a substituição. Com todas essas dicas agora você está apto a manter sua água cristalina, saudável e livre de algas. Devemos escolher a melhor forma para cada situação, pois cada lago é diferente e a fórmula que funciona para um pode não funcionar para outro. 

Conheça nosso curso de Lagos Ornamentais pelo site www.mestredoslagos.com.br e aprenda formas de construção, manutenção, cuidados com a água e muitas informações para você agregar seus conhecimentos em manter um lago ornamnetal.

Se você ainda não segue o Mestre dos Lagos - Curso de Lagos Ornamentais no facebook, não perca tempo!!! Curta nossa página e fique por dentro das novidades sobre lagos ornamentais. Faça você mesmo(a) seu lago com ajuda do nosso curso (on-line) e compartilhe momentos agradáveis com amigos e familiares no seu novo lago de jardim.

www.mestredoslagos.com.br